Maior astro brasileiro desde Spider, Paulo Borrachinha luta pelo cinturão do UFC neste sábado

O Brasil tem uma tradição no peso-médio do UFC, mas já são sete anos desde que Anderson Silva perdeu o cinturão da categoria. Neste sábado, o país tem sua melhor chance de recuperar o título, com um homem que pode se tornar seu maior astro no MMA desde o “Spider”: Paulo “Borrachinha” Costa, invicto em 13 lutas profissionais. Ele encara o nigeriano Israel Adesanya, atual campeão, no evento principal do UFC 253, na “Ilha da Luta” de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.

O Combate transmite o evento ao vivo na íntegra a partir de 19h30 (horário de Brasília), com o “Aquecimento Combate”. O card preliminar, que começa às 20h, tem narração de André Azevedo e comentários de Luciano Andrade. Já o card principal, às 23h, é comandado por Rhoodes Lima, com os comentários de Ana Hissa. O SporTV 3 e o Combate.com transmitem o “Aquecimento” e as duas primeiras lutas. O site acompanha todo o evento em Tempo Real.

Paulo Borrachinha posa para as câmeras após a pesagem do UFC 253 — Foto: Getty Images

Desde que estreou no UFC em março de 2017, Paulo Borrachinha rapidamente foi colocado como uma grande esperança de ser o novo grande nome do Brasil na organização. Mais do que isso: ele próprio chamou essa responsabilidade para si. Até agora, ele correspondeu às expectativas e até as superou: venceu seus cinco compromissos dentro do octógono, com quatro nocautes e uma decisão dos juízes. Só falta o último teste para catapultá-lo de vez: o campeão Israel Adesanya. E Borrachinha confia no sangue verde e amarelo para retomar a divisão que já foi reinada por Anderson Silva e Murilo Bustamante.

– Eu vou buscar a luta e vou fazer valer a nossa raça do Brasil. Vou mostrar que a gente tem potencial para ser campeão e dominar. É muito especial estar aqui representando todos os brasileiros. Os brasileiros botam muita esperança no peso-médio e estou muito feliz de poder representar o nosso país aqui – declarou Borrachinha ao Combate após a pesagem de sexta-feira.

A trajetória de Adesanya no UFC está emparelhada com a de Borrachinha desde o início. Os dois criaram uma rivalidade na Semana Internacional da Luta de 2018, em Las Vegas, quando lutaram e venceram adversários distintos em noites consecutivas. Após bater Brad Tavares, Adesanya provocou o brasileiro, a quem chamou de “braços de T-Rex”, e pediu para enfrentá-lo. Na noite seguinte, Borrachinha nocauteou Uriah Hall e disse aceitar o desafio.

O plano do UFC, porém, era que eles se encontrassem mais à frente, talvez com um cinturão em jogo. Adesanya chegou primeiro porque Borrachinha lidou com uma lesão incômoda no bíceps, que o obrigou a passar por seguidas cirurgias e adiou por mais de um ano uma luta contra Yoel Romero. Quando o mineiro venceu o cubano e garantiu a posição de desafiante número 1, o nigeriano já era o campeão interino e unificaria os cinturões com um nocaute sobre Robert Whittaker. Depois de uma luta morna contra Romero em março, Adesanya agora quer entregar um novo nocaute contra o arquirrival.

– Eu pretendo correr com o meu joelho na cara dele, porque ele diz que eu sou um corredor. Esperem violência, esperem um final rápido por nocaute com ele correndo na direção do meu joelho e meu joelho correndo na sua cara – profetizou o nigeriano.

Israel Adesanya (esq.) e Paulo Borrachinha (dir.) se encaram na Ilha da Luta: rivalidade antiga — Foto: Getty Images

Antes do “grand finale”, o UFC 253 traz ainda muitas atrações. O público brasileiro terá outros três representantes para apoiar: o peso-meio-pesado Danilo Marques, que abre o card e estreia na organização contra Khadis Ibragimov; o peso-leve Alex Leko, que busca sua segunda vitória seguida contra Brad Riddell; e a peso-galo Ketlen Vieira, que encara Sijara Eubanks de olho num title-shot. O coevento principal traz a primeira disputa do cinturão dos meio-pesados depois que Jon Jones abriu mão do título: Dominick Reyes, primeiro colocado do ranking, enfrenta Jan Blachowicz, terceiro colocado.

UFC 25326 de setembro de 2020, na Ilha da Luta, em Abu DhabiCARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):Peso-médio: Israel Adesanya x Paulo BorrachinhaPeso-meio-pesado: Dominick Reyes x Jan BlachowiczPeso-mosca: Kai Kara-France x Brandon RoyvalPeso-galo: Ketlen Vieira x Sijara EubanksPeso-pena: Hakeem Dawodu x Zubaira TukhugovCARD PRELIMINAR (20h, horário de Brasília):Peso-leve: Brad Riddell x Alex LekoPeso-meio-médio: Diego Sanchez x Jake MatthewsPeso-pena: Shane Young x Ludovit KleinPeso-meio-pesado: William Knight x Aleksa CamurPeso-pesado: Juan Espino x Jeff HughesPeso-meio-pesado: Khadis Ibragimov x Danilo Marques

Combate.com: veja as últimas notícias do MMA

Veja a programação completa do UFC em 2020

Assine o Combate Play e tenha acesso a todos eventos ao vivo e um acervo especial (exclusivo para assinantes)

Source: https://globoesporte.globo.com/combate/noticia/maior-astro-brasileiro-desde-spider-paulo-borrachinha-luta-pelo-cinturao-do-ufc-neste-sabado.ghtml

World news – BR – Maior astro brasileiro desde Spider, Paulo Borrachinha luta pelo cinturão do UFC neste sábado

Laisser un commentaire

Votre adresse de messagerie ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *